Ensino @ Distância - Bibliotecas ON

Feito com Padlet

2.6.20

À descoberta do património

Na  disciplina de Oferta Complementar, os alunos da turma do 4º ano da Escola Básica de Combatentes realizaram várias visitas ao Centro Histórico de Santarém com o objetivo de identificarem os vários tipos de património existente. De seguida, foi escolhido o património imaterial, mais especificamente os "Ofícios Tradicionais" para conhecerem mais pormenorizadamente. Daí terem entrevistado o Artesão Paulo Batista no seu local de trabalho. Posteriormente, acedendo a um convite da turma, deslocou-se à Escola de Combatentes, onde orientou os alunos na construção de um barrete de campino com papel. Estava, também, prevista a construção de um campino a partir de um pau de espetada, contudo, atendendo ao encerramento das escolas, tal não foi possível. Um outro artesão que se disponibilizou a colaborar, foi o Senhor Manuel Ferreira.
Revelou-se um projeto que gerou grande entusiasmo dos alunos, apesar de ter ficado incompleto.
Agradecemos a preciosa colaboração dos dois artesãos, em especial do Senhor Paulo Batista.

1.6.20

Salina Online - Teatro Nacional D. Maria II

O Teatro Nacional D. Maria II disponibiliza um espaço totalmente online e gratuito, composto por vídeos com leituras de histórias e contos infantis.




O Patinho Feio

Eu perdi o dó da minha viola

O Mar e o Caracol, de António Torrado

Quem dá Asas às Palavras

Hoje, dia 1 de junho, pelas 16 horas e 30 minutos, Luísa Ducla Soares e Daniel Completo vão apresentar o seu livro Quem dá Asas às Palavras online. A versão impressa é ilustrada por João Vaz de Carvalho. Esta iniciativa assinala os 50 anos de vida literária de Luísa Ducla Soares.
A apresentação vai ser em direto daqui.


29.5.20

"As Ordens Religiosas em Santarém"

Os alunos dos 3º e 4º anos da Turma 2 da Escola Básica de Fontainhas realizaram, ao longo do ano nas aulas de Oferta Complementar, o trabalho de pesquisa "As Ordens Religiosas em Santarém". Partilhamos aqui um amplo trabalho colaborativo entre os professores Ana Leitão, titular de turma, Risoleta Montez, docente de Oferta Complementar e Paulo Nunes, docente de Educação Especial, mas também o empenho, dedicação e muito entusiasmo dos alunos desta turma.


27.5.20

"Miúdos a Votos" - Quais foram os livros mais votados?

"Miúdos a Votos" teve por objetivos envolver os alunos em processos democráticos de decisão e promover a participação dos alunos na promoção dos livros e da leitura.
Hoje, dia 27 de maio, pelas 18 horas, podemos assistir AQUI ao evento e ficar a saber quais foram os livros mais votados pelas crianças e jovens portugueses. Este ano votaram 16 815 alunos.
A festa vai ser apresentada pela Beatriz Frazão, de 16 anos, conhecida da série televisiva "Conta-me como foi".

26.5.20

Oficina da Ilustração – Biblioteca Alexandre Herculano – Prémio Concurso Uma Aventura!

DESAFIO: DESENHO / ILUSTRAÇÃO a P&B para o CONCURSO “UMA AVENTURA LITERÁRIA, 2020”

OBRA PREMIADA!!! Madalena Espírito Santo, 6º B


A proposta da professora:
Construção de uma BD (Banda Desenhada) “MUDA”, isto é, SEM PALAVRAS! Assim, a mensagem contida no excerto do livro escolhido é transmitida APENAS PELAS IMAGENS! Fácil ou difícil?
Leitura do livro: Uma Aventura no Porto, de Ana Mª Magalhães e Isabel Alçada:
Fonte: MAGALHÃES, Ana Maria; ALÇADA, Isabel (1985) - Uma Aventura no Porto, 9ª edição [1991], Lisboa, Editorial Caminho, pp 118 e 119.
Vamos ler?


Consulta de diversos livros sobre técnicas de construção de BD: pranchas, vinhetas, cenário, guião, personagens, balões de fala, legendas…;
Desenho a p&b com os seguintes materiais: folhas brancas de desenho A4, preenchidas com vinhetas (“quadradinhos”) completamente vazias, folhas de rascunho, lápis de grafite HB / 2B, afias, borrachas, canetas de tinta-da-china pretas de ponta fina.


As obras dos artistas:
A Diana Santos (6ºB), o Dinis Gonçalves (5ºA) e a Madalena Espírito Santo (6ºB) aceitaram o desafio. Observem, então, as respetivas obras! A sua criatividade e qualidade são excelentes!






A obra premiada:
O trabalho da Madalena Espírito Santo, 6ºB, recebeu o 2º prémio ex-aequo – na modalidade de desenho – 2º ciclo do ensino básico.
PARABÉNS!









Vale a pena salientar que participaram neste concurso mais de 14 000 artistas de escolas de todo o país, Portugal continental, Açores e Madeira, desde o pré-escolar até ao ensino secundário! Também participaram alunos de escolas parceiras de França, Suíça, Macau, Cabo Verde e Brasil…



A entrega dos prémios costuma acontecer em junho, na Feira do Livro de Lisboa. Devido à pandemia de Covid 19, este ano a entrega de prémios não ocorrerá, pelo menos para já. Todavia, as autoras Ana Mª Magalhães e Isabel Alçada, às quais me associo, felicitam todos os alunos participantes com um enorme abraço virtual! 

Quem sabe que novos desafios se adivinham? Estaremos atentos!
A Oficina da Ilustração abre as portas a estes e outros alunos que queiram partilhar novos desafios! 

A professora da Oficina da Ilustração, Maria João Neves
(Muito orgulhosa da prestação dos seus alunos!)

Aqui fica um cheirinho dos alunos da Oficina da Ilustração em ação!







24.5.20

"A Lenda de Santarém" - Turma 5 da EB Mergulhão

Na disciplina de Oferta Complementar, os alunos do 4º ano da turma 5 da EB de Mergulhão tiveram de realizar um trabalho no âmbito da temática "Património da nossa região", seguindo o modelo de pesquisa BIG 6.

Assim, na primeira etapa da sua pesquisa, tiveram de escolher um subtema dentro da temática apresentada e a opção foi "Lendas de Santarém". Registaram o que já conheciam sobre este tema e anotaram, também, o que queriam saber.

Passando à segunda etapa, "Estratégias de pesquisa de informação", identificaram onde queriam procurar a informação, quais as fontes de informação disponíveis e quais as fontes mais adequadas para obterem as respostas às perguntas formuladas na etapa 1.

De seguida, na terceira etapa, consultaram várias páginas Web sobre a temática.





Ainda na etapa 3, organizou-se uma visita ao Centro Histórico de Santarém. Entre os recursos educativos  disponibilizados pelo Serviço Municipal de Cultura e Turismo, foi escolhido o circuito "Conhece o centro histórico como a palma da tua mão!". Durante a visita, guiada pela Dr.ª Vera Duarte, conheceram lendas e estórias que os ajudaram a descobrir pormenores  e a perceber a cidade pelo que dela se tem falado e contado ao longo dos tempos.








Na quarta etapa, registaram a informação recolhida nas várias fontes e selecionaram a "Lenda de Santarém", entre as muitas lendas existentes relacionadas com Santarém.

Na quinta etapa, tiveram de pensar como iam organizar a informação e mostrar à comunidade educativa o que tinham aprendido. Decidiram, então, construir um poema a partir da brochura "Ábidis - A Lenda de Santarém", da autoria de Carlos d'Oliveira para posterior apresentação no Dia Internacional da Família.
Contudo, atendendo à situação epidemiológica que o país atravessa, foi preciso repensar o encerramento do projeto. Já em aulas online, dividiu-se o poema em várias partes, ficando cada aluno responsável por desenharem de acordo com um trecho ou recitarem-no. Assim, com a participação empenhada, surgiu este livro com apresentações áudio do poema intercalada com trechos da brochura lida e respetiva ilustrações da autoria dos alunos.



 

Eis-nos chegados à última etapa, a avaliação. Para isso  refletiu-se sobre as etapas realizadas  e o trabalho final que se conseguiu concretizar. Além desta reflexão oral, cada aluno respondeu a um questionário online.

22.5.20

Dia do Autor Português - 22 de maio

Sessão online do autor de obras literárias Pedro Seromenho por ocasião da comemoração do 
Dia do Autor Português.

Instrumentos ou Ferramentas de Trabalho de outros tempos

Na disciplina de Oferta Complementar, os alunos dos 3º e 4º anos da turma 2 da EB de Póvoa da Isenta tiveram de realizar um trabalho no âmbito da temática "Património da nossa região", seguindo o modelo de pesquisa BIG 6.
Assim, na primeira etapa da sua pesquisa, tiveram de escolher um subtema dentro da temática apresentada e a opção foi "Instrumentos ou ferramentas de trabalho de outros tempos".
Registaram o que já conheciam sobre este tema e anotaram, também, o que queriam saber.

Passando à segunda etapa, "Estratégias de pesquisa de informação", identificaram onde queriam procurar a informação, quais as fontes de informação disponíveis e quais as fontes mais adequadas para obterem as respostas às perguntas formuladas na etapa 1.

De seguida, na terceira etapa, consultaram várias páginas Web e visualizaram vários vídeos sobre a temática.




Vídeo sobre as ferramentas utilizadas pelo agricultor.


Vídeo sobre as ferramentas utilizadas pelo carpinteiro.


Vídeo sobre as ferramentas utilizadas pelo ferreiro.


Vídeo sobre as ferramentas utilizadas pelo ferrador




Ainda na etapa 3, organizou-se uma visita ao Museu Rural.









Na quarta etapa registaram todas as informações recolhidas sobre os instrumentos e ferramentas de outros tempos.

Na etapa 5, tiveram de pensar como iam organizar a informação e mostrar à comunidade educativa o que tinham aprendido. Foi, então, decidido construir um livro digital sobre as ferramentas utilizadas há alguns anos atrás pelos agricultores, carpinteiros, ferreiros e ferradores. Esta etapa já foi feita em aulas online, pelo que os alunos tiveram de construir uma apresentação digital de forma colaborativa.
Nesta apresentação, os alunos descreveram e desenharam as várias ferramentas identificadas.



Eis-nos chegados à última etapa, a avaliação.Para isso, refletiu-se sobre as etapas realizadas  e o trabalho final que se conseguiu concretizar. Além desta reflexão oral, cada aluno respondeu a um questionário online.


21.5.20

Artistas Plásticos de Santarém

Na disciplina de Oferta Complementar, os alunos do 4º ano da turma 6 da EB de São Domingos tiveram de realizar um trabalho no âmbito da temática "Património da nossa região", seguindo o modelo de pesquisa BIG 6.
Em articulação com esse trabalho de pesquisa, a turma participou, também,  no projeto eTwinning "Artists to Discover". O fio condutor deste projeto foi a construção de uma relação entre os alunos e os artistas do seu país para posteriormente partilharem com os outros parceiros europeus as informações recolhidas. Assim, na primeira etapa da sua pesquisa, quando tiveram de escolher um subtema dentro da temática apresentada, a opção foi "Artistas plásticos da minha região".
Foi neste âmbito que visitaram espaços de Santarém com exposições de artistas portugueses e estrangeiros, nomeadamente, os participantes no Encontro de Artistas Plásticos "Pictorin".





No regresso à escola, deram início ao trabalho de pesquisa cumprindo a primeira etapa do modelo de pesquisa adotado: escolheram os artistas que queriam conhecer melhor, registaram o que já conheciam sobre eles e anotaram, também, o que queriam saber.
Passando à segunda etapa, "Estratégias de pesquisa de informação", identificaram onde queriam procurar a informação, quais as fontes de informação disponíveis e quais as fontes mais adequadas para obterem as respostas às perguntas formuladas na etapa 1.
De seguida, na terceira etapa, construíram um guião de entrevista para realizarem aos artistas escolhidos: Fernanda Narciso, Francisco Pereira e Francisco Camilo. Muito simpaticamente, todos eles responderam à entrevista.
Fernanda Narciso cedeu a entrevista no Círculo Cultural Scalabitano, um dos locais de trabalho desta artista

No final da entrevista, Fernanda Narciso desafiou os alunos a deixarem a sua marca

Quanto aos artistas Francisco Pereira e Francisco Camilo responderam à entrevista por correio eletrónico.

Na quarta etapa registaram todas as informações recolhidas através das entrevistas.

Na etapa cinco, tiveram de pensar como iam organizar a informação e mostrar à comunidade educativa o que tinham aprendido. Decidiram, então, construir obras de arte, inspiradas nas características dos artistas estudados a fim de as exporem num espaço público. Para tal, pediram a colaboração dos artistas entrevistados para que eles os orientassem na construção de obras de arte.
No início de janeiro, trabalharam com a artista plástica Fernanda Narciso.




No final do mês de janeiro, trabalharam com o artista plástico Francisco Pereira.




Não foi possível calendarizar uma sessão com o artista plástico Francisco Camilo. Contudo, os alunos imaginaram que iam pintar uma parede de casa e representaram esses desenho numa folha de papel.
Afonso Santo

Beatriz Ferreira

Brenda Alves

Carmo Mendonça

Duarte Alfredo

Eduardo Martins

Emanoil Ermurachi

Francisco Maia

Guilherme Discher

Joana Gomes

Lília Panaghiu

Margarida Canillas

Miguel Botelho

Santiago Mateus

Santiago Carvalho

Tiago Custódio

Valéria Corlatanu

A exposição que estava prevista realizar-se no WShopping não se vai realizar devido à situação epidemiológica que o país atravessa.
Eis-nos, então, chegados à última etapa, a avaliação.Para isso, refletiu-se sobre as etapas realizadas  e os trabalhos finais que se conseguiram concretizar.
Além desta reflexão oral, cada aluno respondeu a um questionário online.