27.4.20

Uma História para Ajudaris




O projeto nascido em 2008 "Histórias da Ajudaris" desafia as crianças a escreverem histórias para ajudarem outras crianças. Este projeto tem como objetivos:
- Despertar e fortalecer os hábitos de leitura e da escrita.
- Estimular a prática da cidadania e da solidariedade.
- Aproximar os contextos Escola-Família e Comunidade.
- Impulsionar a rede de voluntariado na comunidade. 

Este foi mais um projeto em que os alunos da Oficina da Escrita estiveram envolvidos.

Título: O Peixinho e o Misterioso Caranguejo

Estava um peixinho a nadar num rio, quando viu aparecer um grupo de alunos que vinha acompanhado de uma professora.
Uma das crianças viu o peixinho a nadar e, por curiosidade, tentou pegar nele, mas não o conseguiu agarrar. Então, voltou a tentar uma e outra vez. Nesse momento, a professora viu e repreendeu-o, explicando-lhe que a sua brincadeira ia matar o peixinho. O menino, em vez de ter desistido da sua brincadeira, voltou ao que estava a fazer, assim que a professora se afastou. 
Estava ele entretido na sua brincadeira quando surgiu um caranguejo que lhe perguntou:
- O que ganhas em fazer mal ao peixinho?
- Nada! É só por diversão! Está a ser bué divertido! – respondeu o menino.
- Ah! Boa ideia! Também me vou divertir a morder-te! – exclamou o caranguejo.
- O quê? Morder-me? Estás maluco? – questionou o menino.
- Não!? Então, não achas que é uma boa diversão? Ia ser bué divertido morder-te as bochechas ou as tuas pernas.
- Claro que não! Que caranguejo mais doido!!!
- Ah, eu sou doido por me querer divertir e tu não! – afirmou o caranguejo.
- Está bem, já percebi! A minha professora também já me tinha dito: A minha diversão acaba quando causo mal estar aos outros, seja pessoa, planta ou animal.
- Ainda bem que concordas comigo, pois o peixinho não estava a gostar da tua brincadeira.
A partir daquele dia, o menino tornou-se mais respeitador e solidário.

Sem comentários:

Publicar um comentário